SIGEHP

SISPRO - Subsistema de Aprovisionamento Hospitalar

O subsistema de Aprovisionamento Hospitalar é constituído pelos módulos básicos de aquisições e gestão de stocks, estando preparado para funcionar em termos de logística hospitalar.
 
MÓDULO DE AQUISIÇÕES
 
  • Pré-seleção de concursos;
  • Emissão de consulta;
  • Inserção de propostas;
  • Adjudicação ou autorização de aquisição e emissão de Notas de Encomenda;
  • Definição de alertas para eventuais atrasos na satisfação de Notas de Encomenda;
  • Controlo efetivo em todas as fases do pedido de compra, podendo o utilizador, a qualquer altura, saber o estado do seu pedido;
 
MÓDULO DE GESTÃO DE STOCKS
 
  • Gestão do tipo e quantidade de produtos requisitados por cada Serviço;
  • Gestão do tipo e quantidade de produtos existentes em Armazém;
  • Controlo automático de lotes e validades;
  • Possibilidade de organização numa lógica de armazém central e armazéns periféricos;
  • Processamento de informação estatística, designadamente Previsões de Consumo, Consumos por centro de custo, Análise ABC por valor/artigo, entre outros.
 
No SISPRO está ainda incluído o Módulo de Gestão do Património e o Módulo de Requisições de Manutenção Corretiva.

O módulo de Gestão do Património foi implementado tendo em vista o inventário de todos os bens hospitalares.

O objetivo último deste módulo é permitir a imputação das amortizações por centro de custo, para efeitos de apuramento de custos na contabilidade analítica da Instituição, cujo cálculo é efetuado automaticamente.

O módulo permite que o Hospital tenha um conhecimento integral dos bens ao seu serviço, e respetiva localização no Hospital. Dispõe ainda de Fichas de Identificação de Bens, as quais contêm toda a informação sobre o bem, incluindo a informação sobre a compra, mediante ligação ao Módulo de Aquisições.

A classificação de famílias de bens pode ser desenvolvida de acordo com as necessidades do Hospital, assim como a respetiva taxa de amortização.

O Módulo de Requisição de Manutenção Corretiva permite aos Serviços hospitalares solicitar reparações de equipamento ao serviço de Instalações e Equipamentos, evitando a circulação de papel.

O Serviço de Instalações e Equipamentos poderá receber os pedidos neste módulo e distribuiu as tarefas pelas várias oficinas do Hospital, ou encaminhar o pedido para reparação no exterior.

Para mais informações, clique na imagem para ver ou efetuar o download do folheto informativo.

 

SIGED - Subsistema de Gestão de Doentes

O subsistema de Gestão de Doentes compreende a informatização da informação administrativa, referente a admissões e altas dos doentes, em todos os serviços hospitalares, permitindo que a Unidade de Saúde passe a dispor de uma informação objetiva e detalhada acerca da sua atividade.
 
Este subsistema encontra-se estruturado em Receções Principais e Secundárias, as quais comunicam entre si:
 
RECEÇÕES PRINCIPAIS
 
Como o nome indica são receções que registam os episódios hospitalares, onde os médicos analisam a situação do doente e executam os procedimentos terapêuticos mais adequados.
 
  • Urgência
  • Internamento
  • Consultas Externas
  • Cirurgia de Ambulatório
  • Hospital de Dia
 
Estes módulos permitem efetuar a gestão dos doentes admitidos nos respetivos Serviços, registados com os elementos de identificação necessários, designadamente nome, residência, contactos, responsáveis pelo doente, data e hora de admissão, etc.
 
São módulos que interagem entre si, monitorando o percurso do doente na Unidade Hospitalar. Por outro lado, interagem com os módulos, que gerem os meios complementares de diagnóstico e terapêutica, de modo estabelecer uma ligação automática com a origem dos pedidos efetuados pelos médicos.
 
Efetuam o processamento da informação necessária à faturação dos serviços realizados a terceiros responsáveis, ou ao próprio doente, de acordo com os procedimentos de cada Hospital;
 
Este software efetua o processamento de informação estatística de cada Serviço, sendo possível definir indicadores referentes a toda a informação administrativa registada.
 
Todos os módulos dispõem de apoio de gestão documental, que permite guardar os documentos de proveniência externa ou mesmo interna associados a um doente, classificados por episódio e tipo de documento.
 
RECEPÇÕES SECUNDÁRIAS
 
São receções onde se registam os Meios Complementares de Diagnóstico e Terapêutica efetuados para o doente, por admissão ou agendamento, associados, ou não, a cada episódio principal.
 
  • Imagiologia
  • Exames Especiais
  • Patologia Clínica
  • Anatomia Patológica
  • Medicina Física e Reabilitação
 
Para doentes internados ou em ambulatório, o médico tem possibilidade de prescrever eletronicamente os atos médicos dirigidos a qualquer uma das receções, para realização imediata ou agendamento.
 
Efetuam o processamento de informação estatística do serviço, sendo possível definir indicadores como total de MCDTs realizados por tipologia, por serviço e por período temporal, entre outros;
 
Estes módulos encontram-se preparados para processar honorários Médicos, caso o Hospital opte por esse procedimento interno; 
 
Estas receções estão ligadas ao respetivo módulo clínico para processamento de Relatórios Médicos, sobre os resultados dos MCDTs efetuados, os quais passam a constituir História Clínica do Doente.
 
Possibilidade de integração com sistemas PACS, (Picture Archiving and Communication System - Sistema de digitalização e arquivo de imagens médicas) em colaboração com o fabricante.

Para mais informações, clique na imagem para ver ou efetuar o download do folheto informativo.

 

SIGERH - Subsistema de Recursos Humanos Hospitalares

O subsistema de Recursos Humanos Hospitalares permite efetuar a gestão dos profissionais que exercem atividade na Instituição, independentemente do tipo de vínculo contratual e é composto por cinco módulos básicos:
 
Módulo Cadastro de Funcionários
 
  • Registo de admissões, promoções, e todas as alterações relevantes na vida profissional dos efetivos;
 
Módulo Movimentos Mensais
 
  • Registo de assiduidade;
  • Determinação dos abonos variáveis de acordo com o dia e hora em que o trabalho é prestado;
  • Registo de reposições e adiantamentos;
 
Módulo de Vencimentos
 
  • Processamento mensal de vencimentos, tendo em consideração as alterações ocorridas no módulo de Cadastro e nos dados recolhidos quanto á assiduidade;
  • Após a conclusão do processamento é gerado um ficheiro bancário que servirá de base ao pagamento,
  • Emissão de conta corrente do funcionário, assim como tratamento estatístico de abonos e descontos entre vários meses.
 
Módulo Balanço Social
 
  • Informação estatística relevante para elaboração do Balanço Social da Instituição, designadamente estrutura etária dos profissionais, habilitações literárias, assiduidade, movimento de entradas e saídas e encargos totais, entre outros.
 
Módulo de Aquisição de Serviços
 
  • Este módulo permite a gestão de prestadores de serviços ou empresas que não pertencendo ao mapa de pessoal, exercem atividade no Hospital;
  • Processamento mensal de remuneração.
 
Módulo de Formação
 
  • Registo de formação frequentada pelo funcionário na Instituição ou no exterior;
  • Informação estatística relevante como profissionais por grupo etário, habilitações literárias, tipo de formação por grupo profissional, horas de formação por grupo profissional, entre outros.

 

Para mais informações, clique na imagem para ver ou efetuar o download do folheto informativo.
 

SISCLI - Processo Clínico Eletrónico

O subsistema de informação clínica, compreende a informatização do registo de grande parte da informação clínica nas áreas de Internamento, Urgência, Consulta Externa, Hospital de Dia, Bloco Operatório e Bloco de Partos, incluindo os resultados de MCDTs, no sentido de criar uma organização de tipo paper free.
 
Este subsistema encontra-se integrado com o subsistema SIGED, pelo que a informação de identificação não carece de ser introduzida, uma vez que já se encontra no sistema.
 
O tipo de acesso a este software depende do perfil do utilizador, e é definido pela Direcção Clínica. O subsistema dispõe da flexibilidade necessária para configurar perfis de acordo com os postos de trabalho, tendo em consideração a organização interna da Instituição.
 
De uma forma geral, este subsistema é implementado com dois perfis de acesso básico, Médicos e Enfermeiros, podendo em alguns itens o acesso ser concedido a outro tipo de profissionais, como é o caso da inserção dos doentes em lista de espera cirúrgica, a qual é normalmente efetuada por pessoal Administrativo.
 
INFORMAÇÃO CLÍNICA DE INTERNAMENTO

  • Visualização de todos os doentes internados no serviço, facilitando a seleção do doente sobre o qual se pretende consultar dados ou efetuar registos;
  • Registo de Diário Clínico e prescrições terapêuticas, sendo estas últimas disponibilizadas no perfil de Enfermagem, para execução;
  • Acesso aos resultados de exames complementares e respetivos Relatórios;
  • Emissão automática ou quase automática de Nota de Alta, podendo ser configurado outro tipo de informação clínica;
  • Registos de Enfermagem, por turno, nos quais consta a execução das medidas terapêuticas prescritas pelo Médico, bem como as medidas terapêuticas específicas da Enfermagem;
  • Possibilidade do Enfermeiro consultar, no seu turno, as atividades a executar para cada doente, uma vez que as frequências das medidas terapêuticas se encontram parametrizadas por hora;

 

INFORMAÇÃO CLÍNICA DA CONSULTA EXTERNA

  • Possibilidade de configurar a ficha clínica de cada especialidade dentro de um padrão geral a definir com a Direção Clínica;
  • Possibilidade de definição de níveis de acesso para cada Especialidade;
  • Visualização de todos os doentes agendados para o dia, facilitando a seleção do doente sobre o qual se pretende consultar dados ou efetuar registos;
  • Acesso aos resultados de exames complementares e respetivos Relatórios;
  • Acesso à terapêutica medicamentosa;

 

BLOCO OPERATÓRIO

  • Constituição de listas de espera cirúrgicas por Especialidade;
  • Possibilidade de selecionar os doentes para intervenção cirúrgica por código de diagnóstico, procedimento, data de registo, Médico, etc;
  • Os doentes agendados para o dia, são selecionados automaticamente para o Transfer. Neste ecrã, os Enfermeiros gerem, em tempo real, o movimento diário de entrada e saída no Bloco Operatório, inserindo apenas as horas de chegada, de passagem no Transfer e de saída do Bloco Operatório;
  • O Módulo para registo das intervenções cirúrgicas foi concebido para funcionar em tempo real, na sala do bloco operatório, inserindo dados da responsabilidade do Cirurgião, da Anestesiologia e do pessoal de Enfermagem. Contudo, os registos podem ser efetuados, numa primeira fase, posteriormente, por outro tipo de profissionais;
  • Permite efetuar eletronicamente as requisições de Anatomia Patológica;
  • Mais célere execução Relatórios Operatórios, com base em modelos pré-configurados, no final da intervenção;
  • Possibilidade de registo de informação anestésica relevante;
  • Registo de um conjunto de dados que incluem as horas de entrada e saída da Sala, início e fim da Anestesia, início e fim da Cirurgia, cateteres, contagem de compressas, drenagens, posicionamentos, próteses, etc;
  • Possibilidade de emissão de listagens com informação curricular para todos os Médicos e Enfermeiros envolvidos na cirurgia

 

RESULTADOS DE MCDT’s

  • Estes módulos permitem a consulta de Relatórios de Exames e Resultados de Análises, associados a um doente;
  • Possibilidade de “filtrar” os resultados associados a um doente, distinguindo os resultados mais antigos de resultados recentes, visualizando-os através de um código de cores;
  • Os Serviços de Imagiologia e de Exames Especiais dispõem de um Gerador de Relatórios de Exames que permite efetuar todos os relatórios estruturados ou na forma de texto. Estes relatórios são baseados em Modelos de Relatórios Médicos pré-definidos, e facilmente visualizados pelo Médico no Processo Clínico eletrónico;
  • Os resultados de Análises Clínicas são disponibilizados ao Médico, após a respetiva validação pela Patologia Clínica. O Médico pode comparar o resultado de uma dada análise com os resultados anteriormente obtidos, para aquele doente, de forma verificar a sua evolução no tempo;
  • Na área de Anatomia Patológica, é possível consultar os Relatórios de acordo com a configuração definida pelos Médicos patologistas, podendo os mesmos incluir a codificação ICDO e SNOMED, identificando a topografia e a morfologia. Os resultados são disponibilizados no sistema após a validação.

 

PRESCRIÇÕES ELECTRÓNICAS

  • Prescrição de medicamentos em ambulatório, ou por dose unitária para doentes internados - estes módulos permitem aos Médicos efetuar prescrições eletrónicas de medicamentos, sendo o pedido rececionado no Serviço de Farmácia. Através destes módulos, o Médico pode criar ou suspender a prescrição de medicamentos, consultar a terapêutica atual, já fornecida pela Farmácia, e o histórico de medicamentos, prescritos em episódios anteriores.
  • Cardex Eletrónico - a administração de medicamentos efetuada pela Enfermagem, é registada em cada turno. No registo deve constar a hora de administração do medicamento.

 

DIETÉTICA

  • Este Módulo possibilita aos Enfermeiros responsáveis por cada Serviço efetuar as requisições das dietas, podendo o Serviço de Dietética assegurar a gestão das mesmas;
  • As Dietas e os Suplementos são codificados em tabela própria, e a requisição de cada Serviço incide sobre os Doentes Internados nesse Serviço. Diariamente os Enfermeiros apenas precisam de efetuar as alterações às Dietas requisitadas no dia anterior;

Para mais informações, clique na imagem para ver ou efetuar o download do folheto informativo. 

 

SISCONT - Subsistema de Serviços Financeiros Hospitalares

O subsistema de Serviços Financeiros Hospitalares, encontra-se integrado com os subsistemas de Aprovisionamento, Farmácia, Recursos Humanos e Gestão de Doentes.
 
Está estruturado em vários módulos, suscetíveis de adaptação a diversas realidades.
 
 
Módulo de Gestão de Tesouraria

 

  • Registo de recebimentos e pagamentos,
  • Conferência e controlo de vários caixas e contas bancárias;
  • Controlo mediante a emissão automática de folhas de caixa, resumos de banco, autos de conferência de cofre, extrato de contas, relatórios de conciliação bancária, entre outros.

Módulo de Gestão de Terceiros

 

  • Registo de despesa/receita de fundos próprios e alheios;
  • Gestão das contas corrente de terceiros;
  • Registo de autorizações de pagamento/cobrança;
  • Consulta de contas corrente;
  • Emissão de relatórios para conferência de cabimentos e notas de encomenda.

 

Módulo de Faturação

 

  • Faturação automática da produção hospitalar mediante a integração das Receções Principais e Secundárias;
  • Parametrização de tabelas de preços e condições de faturação, de acordo com o modo de funcionamento de cada Instituição;

 

Módulo de Orçamentação

 

  • Monitorização da execução do orçamento financeiro;
  • Orçamento de exploração previsional, compras e de investimento;
  • Possibilidade de efetuar descabimentações ou alterações orçamentais

 

Módulo de Contabilidade Geral e Analítica

 

  • Apuramento de custos por centro de custo;
  • Apuramento de custos indiretos;
  • Possibilidade de controlar a contabilidade analítica on-line, verificando a evolução de um centro de custo por conta, contas por centro de custo, através de relatórios com opção de exportação para ficheiros para Excel.

 Para mais informações, clique na imagem para ver ou efetuar o download do folheto informativo.

 
A Nossa Morada:
Rua Garcia de Orta, 48-3º D
Damaia
2720-253 - Amadora
PORTUGAL
Google Maps
Horário de Funcionamento:
Seg. a Sex. das 9h às 13h
e das 14h às 18h

Contatos:
Telefone: 214 767 001
Telefax: 214 768 099
Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Solicite uma Demonstração

As nossas soluções de software podem ser adaptadas a várias realiaddes organizacionais no âmbito da saúde. Se pretende conhecer melhor o nosso software, solicite já uma demonstração sem qualquer compromisso. Saber mais...

Sondagem

O que pensa do novo site da SISBIT?

Medíocre - 5%
Razoável - 0%
Bom - 95%

Total de votos: 20
A votação para esta sondagem está encerrada on: 08 maio 2013 - 00:00